O terceiro mês

Sorrisos, sorrisos, sorrisos…

Sem filtro, para toda a gente que se aproximar e sorrir também 🙂 Característica deste terceiro mês do Vicente.

O bebezão cresce sem parar e foi aprimorando, durante esta fase, a capacidade para sustentar a cabeça, já com alguma firmeza no pescoço, o que o faz parecer bem mais “crescidinho” do que no mês passado.

O olhar atento continua a desenvolver-se e, agora, não só acompanha todos os movimentos horizontalmente, como também na vertical, sendo comum estar, por exemplo, na espreguiçadeira e olhar diretamente para a nossa cara (estando nós em pé) quando o chamamos ou passamos junto dele. Há igualmente uma procura visual pela origem de todos e quaisquer sons.

img_5053.jpg

A maior conquista, todavia, foi outra: a utilização das mãos. Se já tinha descoberto antes que elas existiam, agora percebe que, com elas, consegue manipular o ambiente. O móbile deixou de ser um objeto para olhar e admirar, agora pode tocar nas peças e fazer com que se movam e emitam sons. As rocas, recentemente introduzidas, são agitadas com entusiasmo e com a destreza possível e emitem sons mais altos e mais baixos consoante a força aplicada; por vezes magoam quando batem na cara. O dou-dou pode ser agarrado e trazido para junto da cara para aconchegar quando o sono bate à porta. Os bonecos de borracha podem ser trazidos, pelas preciosas mãos, até à boca para mordiscar. As próprias mãos podem ser levadas à boca… e o bebezão adora passar o dia nisto!

Voltando ao móbile, neste mês passámos pelos dançarinos em papel metalizado e evoluímos para as peças de madeira com argolas na extremidade. Este último está a ser muito utilizado e o Vi consegue concentrar-se durante muito tempo, batendo nas peças, tentando agarrá-las e colocando uma das argolas (a que tem fio elástico e o permite) na boca.

A alimentação mantém-se: leite materno na maioria das vezes e artificial para “tapar buracos” de produção ou quando estamos fora de casa. A quantidade de biberões diários desceu para 5, aumentando os ml por biberão, claro 🙂

IMG_4982

Continua a gostar muito de tomar banho, embora ainda se assuste quando enxaguamos a cabeça e se zangue um pouco na hora da saída para a toalha. Ainda assim, desfruta deste momento do dia de uma forma bem mais activa do que no segundo mês e até já “chapinha”, de uma forma meio tosca, mas já com alguma intenção!

Outra grande conquista (para o baby e para nós 😀 ) foi a quantidade de horas de sono noturno. Resumindo, desde o início do terceiro mês, o Vi dorme a noite inteira, desde as 22h/23h até às 8h/9h. Durante o dia começou a dormir menos, naturalmente. Ainda assim, faz pelo menos uma sesta grande (de 2 ou 3 horas) diária.

Os passeios foram vários, uma vez que o D esteve de férias durante uma semana, porém, pudemos constatar que, tal como nos indica o método de Montessori, os finais de dia não devem fugir muito à rotina. Fizemo-lo duas ou três vezes e o nível de stress e irritabilidade do Vi escalou para níveis que nos fizeram sentir imediatamente arrependidos. Se já tínhamos algum cuidado com esta questão, agora temos ainda mais e não “esticamos a corda” se não for absolutamente necessário. Não há dúvida de que, nesta fase (e, de uma forma mais atenuada, nas seguintes…), ainda é em casa que o bebé se sente bem, protegido e seguro. Saímos, então, por períodos curtos e, de preferência, da parte da manhã e início de tarde.

IMG_20180706_193643_1

O aspecto menos simpático deste mês foram mesmo as cólicas que o atacaram especialmente na primeira semana. Felizmente, não foi um bebé muito sofrido neste campo, mas custa sempre olhar para ele, por poucas que tenham sido as vezes, sem poder simplesmente retirar-lhe a dor. Mas a calma, o colo e o mimo resolveram e dissiparam rapidamente esses episódios. Penso que o truque seja mesmo manter a tranquilidade e um ambiente sereno e nós fizemo-lo muito bem em equipa. O D é incrivelmente calmo e foi determinante.

E que venha agora o quarto mês, com os seus desafios e conquistas, para o aproveitarmos com a maior felicidade e motivação! Montessoriando, sempre!

 

Até já!

Joana

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s